search

Politica

POLÍTICA DA QUALIDADE DA PL

A Política da PL baseia-se na sistematização do conjunto de acções relevantes para a qualidade dos serviços prestados e no desenvolvimento de todos os níveis de gestão, com o intuito de obter a satisfação total dos seus Clientes.

A responsabilidade pela Qualidade dos serviços na PL é assumida pela Presidência da empresa, em conjunto com o respectivo Administrador Delegado, que atribuem a cada um dos colaboradores uma co-responsabilização pelas actividades que desenvolvem, face às características dos serviços prestados aos Clientes.

O primeiro objectivo da PL é a identificação e satisfação das solicitações e necessidades do Cliente, requerendo o permanente empenho de todos os seus colaboradores.

Em todas as fases do ciclo de realização dos serviços prestados haverá o continuado empenho, de todos os seus colaboradores, em respeitar os requisitos e especificações da qualidade aplicáveis em cada caso.

A Política da PL visa, para além dos objectivos supra referidos, a melhoria contínua do seu Sistema de Gestão da Qualidade permitindo a continuidade de confiança dos Clientes, Fornecedores e outras entidades que se relacionam com a Empresa, nomeadamente as empresas pertencentes ao Grupo IPG no qual a PL se integra.


- Objectivos relevantes

+ Satisfazer os requisitos legais regulamentares, contratuais, normativos e éticos;

+ Promover uma melhoria continuada do serviço;

+ Considerar as expectativas da sociedade em que estamos inseridos e as condições ambientais;

+ Garantir uma prestação de serviço eficiente;

+ Valorizar as acções preventivas e o seu controlo, tendo em vista a satisfação do Cliente.


POLÍTICA AMBIENTAL

No desenvolvimento da sua actividade, a PL, para além de uma política de qualidade dos seus serviços, organiza a sua gestão de forma a esta não entrar em conflito com o ambiente, organizando o seu negócio de forma a potenciar a melhor qualidade num meio ambiente preservado.

A Política Ambiental da PL, baseia-se em alguns princípios fundamentais:

+ Considerar serviço de qualidade, aquele que concilia a obtenção dos requisitos técnicos do serviço, com as características intrínsecas do ambiente.

+ Adequar as condições de trabalho (níveis baixos de ruído, níveis saudáveis de temperatura e humidade, mobiliário de escritório ergonómico e boas condições de luminosidade) dos colaboradores por forma a incentivar a inovação e a criatividade.

+ Orientar a estratégia e os objectivos do negócio não só por critérios técnico-económicos, mas também por uma responsabilização da empresa para com todas as diversas formas de vida.

+ Melhorar a rentabilidade da empresa pela adopção de medidas de protecção do ambiente que impliquem redução de custos, por exemplo poupança de energia eléctrica e utilização de papel reciclado.

+ Preservar a continuidade sustentada da empresa, assegurando que esta não é afectada negativamente pelos riscos de responsabilização por parte de uma legislação ambiental cada vez mais rigorosa.

+ Apostar na lealdade genuína dos colaboradores para com a legislação ambiental.

POLITICA DE SEGURANÇA

A Fiscalização na área da segurança e saúde, consciente das suas responsabilidades em matéria de Segurança das suas actividades, está empenhada numa abordagem pró activa, de forma a promover uma melhoria contínua nas vertentes de Segurança, Higiene e Saúde.

A Fiscalização está empenhada em operar, não só no integral cumprimento de todas as disposições legais relativas à Segurança, Higiene e Saúde, como também em promover a aplicação das melhores práticas disponíveis de projecto, operação e gestão em todas as suas actividades.

A Fiscalização considera que o dono da obra deve disponibilizar os meios financeiros que forem julgados necessários à execução dos trabalhos, integrando o seu plano de acções.

A Fiscalização em matéria de segurança e saúde, através da análise dos acidentes de trabalho e incidentes graves, compromete-se a estabelecer indicadores de Segurança que permitam avaliar a concretização dos objectivos do Dono da obra..

A PL empenha-se na identificação das emergências previsíveis e estabelece como prática corrente a análise sistemática do risco, a elaboração e actualização dos planos de emergência adequados, o seu ensaio e revisão.

A PL compromete-se a estabelecer mecanismos de correcção dos desvios, anomalias e deficiências evidenciadas pela análise dos acidentes ou incidentes ocorridos nas instalações a fiscalizar.

A PL compromete-se a desenvolver a comunicação interna e externa para promover comportamentos adequados à prossecução dos princípios que inspiram esta política.

A PL promove a motivação e participação de todos os colaboradores da empresa, comprometendo-os e responsabilizando-os no sistema de segurança e estimulando a capacidade de iniciativa, o trabalho em equipa, a formação profissional e a elevada competência técnica.

A PL promove programas de formação e treino na área da Segurança para o seu pessoal como meio eficaz da Prevenção inerente à actividade a que se dedica.

A PL, reconhecendo que a Segurança, Higiene e Saúde fazem parte integrante da actividade da construção, a qual nunca deverá sacrificar em nome da rentabilidade, assume como não toleráveis quaisquer condutas inseguras.

A PL compromete-se a rever periodicamente o Sistema de Gestão de Segurança e os seus objectivos, de modo a garantir a sua permanente adequação e eficácia

 

POLÍTICA DE PESSOAL

Na PL a gestão dos recursos humanos incumbe ao Conselho de Administração, que define e divulga os objectivos da PL, em termos de política de pessoal.

A execução desta política incumbe ao Administrador-Delegado e concretiza-se de uma forma personalizada, nomeadamente em termos de avaliação de desempenho, desenvolvimento de competências técnicas e remuneração.


A PL tem como objectivos constantes, assegurar a todos os colaboradores:

+ Condições de trabalho ergonomicamente adequadas às respectivas funções;

+ A revelação das capacidades individuais, incentivando soluções criativas e o envolvimento do pessoal em grupos de melhoria;

+ Que a distribuição de funções e objectivos são perfeitamente compreendidos;

+ Que o trabalho em que as pessoas estão empenhadas é importante para a qualidade do serviço prestado pela empresa;

+ Que haja e seja cumprido um plano interno de formação e actualização profissional;